Sobre os Ingredientes

Nossos ingredientes são escolhidos cuidadosamente e buscamos na natureza elementos que ajudam o corpo, tecidos, ânimo e mente a encontrarem seu equilíbrio próprio.

  • Salgueiro
    Salgueiro

    Nome Científico:

    Salix Alba L.

    Propriedades:

    O salgueiro branco tornou-se amplamente conhecido após as descobertas de químicos franceses e alemães de uma substancia curiosa extraída da planta a qual chamaram de salicina. Daí teve origem a descoberta do ácido salicílico e a invenção da aspirina. Por ser rico em ácido salicílico, o salgueiro no uso cosmético promove um peeling natural, além de ter ação anti-inflamatória e controlar a oleosidade.Produtos Relacionados
  • Silica
    Silica

    Nome Científico:

    Silica

    Propriedades:

    A sílica é um pó ultrafino derivado do arroz (seda do arroz). É um excelente absorvedor da oleosidade excessiva da pele, tornando-o um produto ideal para peles oleosas e acneicas. Além disso, confere um efeito mate, reduzindo a aparência brilhante da pele.Produtos Relacionados

  • Sodium PCA
    Sodium PCA

    Nome Científico:

    Sodium PCA

    Propriedades:

    O princípio ativo conhecido como Sodium-PCA é um hidratante encontrado naturalmente na nossa pele, sendo uma das principais substâncias responsáveis manutenção da sua hidratação. Esta substância de origem natural pode ser obtida ou pela extração em plantas e óleo de coco ou pela fermentação de açúcares e amidos. É potente agente umectante capaz de reter várias vezes o seu peso em água, e por ser higroscópico, é capaz de absorver umidade do ambiente, mantendo assim, tanto pele, como cabelos hidratados e protegidos da perda de água, mesmo em ambientes de baixa umidade. Outra característica importante deste ativo é a o fato de poder ser utilizado em peles sensíveis sem causar irritação, seja na pele ou nos olhos.Produtos Relacionados

  • Sálvia
    Sálvia

    Nome Científico:

    Salvia Sclarea

    Propriedades:

    Acredita-se que sua origem seja o Mediterrâneo no sul da Europa. O nome sclarea tem origem latina e faz menção ao termo clarear, uma vez que esta planta era utilizada para lavar os olhos. No século XII foi considerada afrodisíaca pelo alquimista Culpeper. Apresenta na sua composição química saponinas, pinenos, mircenos, linalol entre muitos outros componentes. Possui potente ação antioxidante, promove significante redução nos danos causados pela radiação UV e reduz a produção de sebo na pele.

    Produtos Relacionados